Efemérides de um ano marcante

30/12/2015 15:22

Gustavo Henrque de Araújo Freire*

Isa Maria Freire**

 

O final de cada ano é sempre um momento para fazer uma retrospectiva de eventos marcantes que ocorreram no período, para compartilhar planos e metas com nossa comunidade, e para agradecer o apoio dos autores e leitores.

Iniciamos nos congratulando com o campo das Ciências da Informação, pela abertura de novos Programas de Pós-Graduação, especialmente na Região Nordeste. Esses Programas representam novas oportunidades de domínio teórico e metodológico e desenvolvimento na pesquisa, e esse contexto, por sua vez, propiciará a ampliaçao dos canais de comunicação científica, de modo a tornar públicos os resultados da pesquisa.

Nesse sentido, como os periódicos representam o meio de comunicação mais reconhecido no campo científico, também nos congratulamos pela publicação de duas novas revistas no campo das Ciências da Informação, neste ano que ora rememoramos. A revista Folha de Rosto, do curso de Biblioteconomia da Universidade Federal do Cariri, e a Revista Conhecimento em Ação, do curso de Biblioteconomia da Universidade Federal do Rio de Janeiro.

Todos sabemos dos desafíos que cercam essas iniciativas, tanto a criação de Programas de Pós-Graduação, que serão responsáveis pela formação de pesquisadores e desenvolvimento de pesquisas, quanto a publicação de periódicos, que irão contribuir com novos espaços para o compartilhamento dos conhecimentos resultantes das pesquisas. Assim, a conquista desses marcos no campo das Ciências da Informação denota o crescimento de sua comunidade e seu amadurecimento acadêmico, desenhando um mapa promisor em termos de oportunidades de atuação.

Nesse contexto, Informação&Sociedade: Estudos se prepara para o aprimoramento dos seus processos editoriais, contribuindo também para a gestão da informação na Internet, mediante a implantação do Digital object identifier (DOI) e de indicadores métricos para acompanhamento do impacto dos artigos publicados.

O DOI representa um sistema de identificação numérico para conteúdo digital, como livros, artigos eletrônicos e documentos em geral. Foi desenvolvido pela Associação de Publicadores Americanos (AAP) com objetivo de autenticar a base administrativa de conteúdo digital. [...] O DOI atribui um número único e exclusivo a todo e qualquer material publicado (textos, imagens, etc). [...]

No Brasil, a plataforma lattes do Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (CNPq), por exemplo, utiliza o DOI como uma forma de certificação digital das produções bibliográficas registradas pelos pesquisadores em seus currículos. [...] (https://pt.wikipedia.org/wiki/Digital_object_identifier)

 

Por sua vez,

A altmetria [...] é uma área recente dos estudos métricos da informação científica que se ocupa do estudo, da criação e do uso de indicadores relacionados à disseminação de publicações científicas e outros produtos de pesquisa na [Internet] – visualizações, downloads, citações, reutilizações, compartilhamentos, etiquetagens, comentários, entre outros.” (SOUZA, 2014, p. 251)

[…] Este campo emergente possui afinidade com os estudos cientométricos e bibliométricos, mas, por sua vez, procura analisar os fluxos gerados pela comunicação científica no contexto da web social e dos recursos da web 2.0. (ARAUJO, 2015)

 

Os planos para a revista se justificam, pois em 2015 a Informação&Sociedade: Estudos completa um ciclo de 25 anos de publicação ininterrupta e de dedicação exclusiva à comunicação do conhecimento produzido no campo das Ciências da Informação, no contexto da sociedade contemporânea. Trata-se de mais uma efeméride em um ano marcante, que ressalta uma trajetória editorial que reúne compromisso e trabalho cooperativo com resultados de qualidade, ao longo do tempo.

E, neste ensejo, rendemos nossa homenagem à comunidade acadêmica do nosso campo científico, por seu apoio à revista ― seja através da escolha para publicação dos resultados de suas pesquisas, pela avaliação dos artigos submetidos, ou pela leitura e citação dos artigos publicados. A todos, nosso profundo agradecimento!

 

REFERÊNCIAS

 

ARAÚJO, Ronaldo F. de. Da altmetria à análise de citações: uma análise da revista Datagramazero. Datagramazero - Revista de Informação, v.16, n.1, n.p., fev. 2015.

PORTAL LTi. Disponível em: <www.lti.pro.br>.

SOUZA, Iara V.P. de. Altmetria: Estado da arte. Tendências da Pesquisa Brasileira em Ciência da Informação, v. 7, n. 2, jul./dez., p.251-268, 2014.

 

* Editor da revista Informação&Sociedade: Estudos

** Editora da revista Informação&Sociedade: Estudos

 

¹ Editorial da revista Informação&Sociedade: Estudos, v.25 n.3 2015. Disponível em: <http://www.ies.ufpb.br/ojs2/index.php/ies/article/view/27211/14518>.

² Aqui considerado com as áreas da Ciência da Informação, Biblioteconomia, Arquivologia e Museologia.

³ Por este motivo, o conjunto de revistas publicadas, em um dado momento, pode ser considerado indicador positivo sobre o estágio de desenvolvimento de um campo científico.

4 Consulte a listagem das Revistas brasileiras em Ciência da Informação no Portal LTi: são 48 revistas ativas, das quais 35 classificadas na categoria B do Qualis de periódicos da Capes. Disponível em: <http://lti.pro.br/?Revistas_Brasileiras_em_Ciencia_da_Informa%C3%A7%C3%A3o>.

—————

Voltar